Os consumidores do futuro e como se adaptar a eles:

Por: @marinamartins.styling

O WGSN, maior bureau de pesquisa de tendências do mundo, publicou recentemente uma pesquisa projetando novos modos de consumo para 2022 e adiante. Tendências e transformações no comportamento social que a agência havia previsto para ocorrerem ao longo da década, foram aceleradas pela pandemia e ocorreram em questão de semanas.

Como resultado, as mudanças no consumo também foram aceleradas e a indústria da moda está tendo que fazer verdadeiros malabarismos para se adaptar tão rapidamente. É preciso muita criatividade e resiliência.

De acordo com a pesquisa, 2022 marca o início da década conectada. Já somos bastante conectados no quesito de informação, porém o diferencial desta década será o contágio emocional digital. Ou seja, a capacidade de desenvolvermos nossa empatia e de sintonizarmos nossos sentimentos com os de quem está próximo, tanto física quanto digitalmente. Este tipo de contágio afetivo alcançará escalas globais cada vez mais rápido e acontecerá tanto com sentimentos positivos quanto negativos.

Quanto ao consumidor, quais serão seus principais desejos, sentimentos e anseios? Segundo a equipe do WGSN, o medo, proveniente da instabilidade financeira e da crise climática, será um dos principais sentimentos em vigor ao redor do globo.

Mesmo em regiões mais estáveis, as notícias de recessão econômica e desastres naturais de outros lugares do mundo causarão uma sensação de ansiedade. Além disso, uma dessincronização social está prevista para acontecer. Isto é, com o isolamento social e o home office, as pessoas criarão suas próprias rotinas e horários. A tradicional jornada de trabalho, de segunda a sexta, das 9h às 17h,parece mesmo ter caído em desuso.

Haverá também uma crescente busca pelo desenvolvimento da inteligência emocional e da resiliência. A capacidade de se adaptar a adversidades, superar obstáculos e manter-se positivo mesmo em situações instáveis ou negativas será muito valorizada.

A partir de 2022, consumidores valorizarão mais que nunca marcas e personalidades que transmitam sentimentos autênticos, ao invés da positividade tóxica tão difundida nas redes sociais nestes últimos anos. Em seguida, a pesquisa definiu três tipos de novos consumidores: os Estabilizadores, os Comunitários e os Novos Otimistas.

Os Estabilizadores sentem-se sobrecarregados e exaustos, portanto prioriza am estabilidade, a tranquilidade e a praticidade. Estas pessoas estão substituindo o culto à perfeição e à produtividade pela aceitação de parâmetros mais realistas. Entenderão que não serão capazes de fazer mil atividades ao mesmo tempo, ou ter uma vida perfeitamente equilibrada em todos os seus âmbitos e, assim, diminuirão seu ritmo e cobranças pessoais. Seus valores são a simplicidade, o slow living, o comércio calmo e unificado (omnichannel). Serão aqueles que preferem descomplicar o processo de tomada de decisão, logo preferem lojas com menos produtos expostos, designs mais objetivos, limpos e minimalistas. Além disso, se interessam por produtos, ambientes e serviços que proporcionem calma e conforto.

Dentre alguns exemplos de marcas e empresas que já se comunicam com este tipo de consumidor, podemos citar: a agência de comunicação @obviousagency, que promove conteúdo diário para o público feminino sobre bem-estar, autocuidado e aceitação; marcas de moda slow fashion que unem o conforto à elegância, como a Âme, que vende peças de tecidos naturais e atemporais, e a Ayla, que vende peças versáteis de sleep & loungewear.

Já os Comunitários tendem a ser pessoas solidárias, conscientes, ambientalistas e workaholics equilibradas, que muitas vezes abandonaram centros urbanos em busca de maior qualidade de vida. Também desejam desacelerar como os Estabilizadores, porém com foco em valorizar suas comunidades e o comércio local. Eles apostam na redução do consumo e das jornadas de trabalho, pois acreditam nos benefícios destas medidas para o planeta e para a felicidade pessoal. Como conquistar este grupo? Por meio do reaproveitamento de produtos e materiais, de iniciativas sustentáveis, do comércio justo e da valorização das cidades de interior.

Os Comunitários certamente seriam clientes de marcas como a grife de bolsas Nannacay, que resgata o valor do produto artesanal e fortalece comunidades de artesãs sul-americanas, e a marca de moda sustentável Flávia Aranha, que utiliza tingimentos naturais e trabalha em parceria com diversas associações e cooperativas de artesãs e tecelãs de várias regiões do interior do país. Vale destacar também as marcas veganas que utilizam matérias primas recicladas, como Insecta Shoes e a marca de bolsas La Loba.

Fechando a trinca, os Novos Otimistas são ativistas, sociáveis, hiperconectados, aventureiros, alegres, confiantes e possuem uma mentalidade coletiva. Pertencem a diferentes gerações e regiões, porém todos possuem como principal elemento em comum o “apetite voraz pela felicidade”. Os Novos Otimistas valorizam a inclusão social e a representatividade, gostam de celebrar as pequenas conquistas e ocasiões, e curtem investir em experiências. Este grupo adora tecnologia e redes sociais, portanto, ações como live streamings, comércio em tempo real, e experiências em realidade aumentada ou virtual são bastante atraentes para eles.

Provavelmente os Novos Otimistas consumirão marcas como a Amaro, que sempre aposta em estratégias tecnológicas para reinventar a experiência do consumidor, tornando-a mais cômoda e objetiva. Além disso, também participam, comprando e vendendo, do mercado second hand, tanto em lojas e eventos presenciais, como o Projeto Gaveta, quanto em plataformas digitais como o Enjoei (cuja própria linguagem estimula as “pequenas celebrações”) e a Repassa.

Entender os novos comportamentos do consumidor é crucial para definir estratégias para sua marca e lançar novos produtos.

Se você deseja aprofundar seus conhecimentos neste assunto e aprender técnicas de pesquisa de mercado, sugerimos nosso pacote de cursos de Marketing, Branding e Pesquisa de Consumo em Moda.

 

Fonte: WGSN Brasil (https://readymag.com/wgsn/1930840/5/)

 

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *