STORYLISTENING

por Vitor Bastos

Há referências importantes pra mim, há TED talks que tenho que ver de novo e de novo. Além de esclarecer e informar, nelas me vejo. O raciocínio geralmente é mais profundo ou num tema que eu nunca pensei, mas quando um speaker me toca, algo de semelhante os nossos cérebros tem. Pode ser só um porcento do que é, ou uns cinquenta do que gostaria de ser, mas existe uma conexão.

Nunca ouvi tanto a palavra storytelling como nos últimos anos. Me interessei e comecei procurar mais sobre o assunto. Foi aí que me deparei com o raciocínio genial de John Maeda (talvez a minha maio referência atualmente). Maeda propõe que o novo storytelling é o storylistening. Tenho que assumir que me é fácil render a contraconceitos, mas pensando bem, nos tempos de modernidade líquida, nós passamos de atores principais de nossos próprios filmes para autênticas estrelas do blockbuster das nossas vidas. Somos todos celebridades e essa cultura do não palpável nos engrandece de forma tão efusiva que se torna impossível ouvir o outro.

As marcas falam de suas histórias, as pessoas dos seus incríveis dia, da sua beleza, intensidade, criatividade… Até política vive um período de extrema mediaticidade, tão efusiva que ficamos à mercê de caricaturas. Um pinta faixas de vermelho pela cidade o outro as paredes de cinza, para não falar de muros… A política quer nos entreter visualmente.

Estamos todos falando uns por cima dos outros e todos querendo ser ouvidos. E é por isso que eu penso: Em terra de surdos quem tem um ouvido é rei.

Storylistening parece um tema muito subjectivo. Não é fácil imaginar uma comunicação de storylistening. Mas dá. Por que, ao invés de publicitar um serviço novo, não se publicita uma pesquisa sobre serviço atual? Ao invés de nos matarmos para ter uma brilhante ideia, por que não perguntamos qual idea o consumidor tem de nós e para nós.

Pensando no ramo hoteleiro, dá pra ver o storylistening atuando mais que o storytelling, mais vale investir em responder comentários nos grandes sites de busca do que em fabulosas imagens de campanha. Esse ramo, espontaneamente está ouvindo, há algo de muito interessante no storylistening.

Segue o link do vídeo story listening do John Maeda: https://www.youtube.com/watch?v=U8-Q70gV2Yk

Vitor Bastos

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *