Profissionais do atacado compartilham estratégias para renovar o segmento

Por Paula Laureano – Publicado em 10 de novembro de 2017 

Profissionais do segmento de atacado, compartilham o que fizeram para se renovar e o que acreditam que ainda deve ser feito. “Coleções menores, mas mais elaboradas“, é o que sugere o Julio Monteiro, da multimarcas Gless, de Barra Mansa, no Rio. 

Julio Monteiro, da multimarcas Gless, já tem suas marcas sólidas, em que confia e aposta sempre. Mas também está de olho em novidades. “Todo lojista tem que ter uma válvula de escape. Estou em busca de novos estilistas, que desenvolvam produtos que me seduzam, façam eu e meu cliente perderem o fôlego”, explica Julio.

julio Monteiro Gless

No entanto, ele têm se decepcionado. Depois de horas circulando pelo Veste Rio, o empresário afirma que o que está sendo apresentado já foi visto em coleções passadas. “São stands enormes, mas com roupas muito parecidas. Me sinto cansado e não quero que o meu cliente sinta isso também ao ver minha arara. Os estilistas precisam se reinventar, seduzir. O ideal seria o desenvolvimento de coleções menores, mas mais elaboradas, bem feitas, sofisticadas”, conclui.

Marcia Azzi, dona da Lucidez, marca forte no atacado, tem buscado fazer parcerias para trazer novidades. Agora, há uma profissional freelancer desenvolvendo uma linha de festa e também uma equipe de planejamento, função muito requisitada ultimamente.”Cada um tem uma experiência e é o momento de unir as forças, não é? A gente não sabe tudo”, afirma Marcia.

Marcia Azzi Lucidez

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *