Os Desafios da Geração Z para a Moda

Por Renata Schiavo

A Casa Ipanema foi palco, nesta semana, de um debate super atual entre pesquisadores da renomada agência de análise de tendências Nelly Rodi e profissionais de moda cariocas.

A convite do Instituto Rio Moda, o estudo foi apresentado pela primeira vez no Brasil e trouxe novidades de comportamento e consumo da Geração Z. A ideia era mostrar como os “Zs” estão de fato trazendo mudanças e gerando uma série de reflexões importantes em vários segmentos, como luxo, beleza, moda e comportamento.

O grande desafio apontado foi o de como se conectar com estes consumidores tão dinâmicos e versáteis. Algumas marcas já identificaram formas de se inserir neste universo. É o caso da inglesa Burberry, que apostou no novato Brooklyn Beckham para fotografar sua campanha de perfumes. O conceito por de trás dessa ideia foi oferecer oportunidades aos jovens talentos para que se destaquem de forma não tradicional, já que empreender é a palavra de ordem deste grupo.

landscape-1454185723-brooklyn-beckham-on-set-at-the-live-instagram-shoot-for-burberry-brit-fragrances-001

Outro exemplo de como a demanda deconsumo pode mudar toda uma indústria, é o see now,buy now. Por terem apenas oito preciosos segundos de atenção, as marcas resolveram antecipar o ciclo de vendas com objetivo de atender, quase que instantaneamente, as demandas de consumidores “Zs” , sempre conectados e atualizados . Acabou o desfile, pode comprar!

A pesquisa identificou, ainda, que não só de chats e selfies vive o mundo digital desta geração. É lá também que as marcas lançam promoções e campanhas que estimulam diretamente o desejo de consumo. O exemplo disso é a Nike, que se lançou no universo do Youtube com a campanha “Margot vs. Lilly”. Em 8 episódios, ela abordou as comparações entre duas irmãs adotadas, com perfis completamente distintos, na prática esportiva. A estratégia da ação foi estimular a identificação com as personagens, de modo a gerar um sentimento de pertencer a um clan (Margot’s followers ou Lilly’s followers). 

Resultado de imagem para margot e lily nike

Os digital influencers continuam ditando as regras. Sendo assim, a gigante de beleza L`Oreál resolveu inovar ainda mais. O Blogueiro inglês Gary Thompson, de 26 anos,foi convidado para estrelar pela primeira vez em uma campanha de maquiagem. Esse movimento mostrou que a moda e beleza podem ser democráticas, respeitando os novos conceitos sociais de genderless.

Se é no universo online o lugar em que a Geração Z se “alimenta”, é lá também o espaço em que pode-se trazer certo desconforto. O estudo aponta que muitos entendem que o detox digital é importante para trazer algo novo. Como é o caso de Justin Bieber, que algumas vezes apaga seu Instagram pessoal e depois retoma. Ou como Kim Kardashian, que inimaginavelmente também deletou sua conta depois do episódio de assalto em Paris.

Segundo os pesquisadores, a dica para as marcas acompanharem esse movimento é: oferecer a possibilidade de ter o consumidor participando ativamente do seu processo de co-construção. Exemplo de sucesso é o caso da Revista Glamour, que abriu votação em seu site para que suas leitoras escolham sua capa e looks. Quem não adora se sentir colaborador de um produto que consome e gosta?

glamour

E como falar de moda sem abordar o street style? Esse conceito que vem dominando todos os editoriais de moda mundo a fora, mostra mais uma vez a força dessa geração. São nos nichos sociais e étnicos desses jovens que as marcas enxergam o potencial de novas tendências. A exemplo da francesa Vetements, que em seu último desfile trouxe uma coleção cheia de referências esportivas (principalmente jaquetas) misturadas ao estilo efforteless chic dos franceses. Uma releitura mais fashion característica da marca de looks vistos facilmente entre os jovens de periferia de Paris.

Podemos dizer que essa Geração Z é inquieta. As novas dinâmicas apresentadas por eles promovem mudanças interessantes, impactantes e importantes! Vamos acompanhar (com todo os nosso devices conectados) seus próximos passos e, inevitavelmente, a chegada da próxima geração com desafios ainda maiores.

untitled-1

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *