Boa publicidade não vende roupa. Vende coleção.

 

Por Viviane Pepe

 

Se é verdade que nunca consumimos tanta informação, nunca também tivemos tanta dificuldade em reter mensagens. Parece que todo mundo anda mais esquecido, não é mesmo?
Hoje em dia, para divulgar sua marca, você não luta mais por uns minutos extras de atenção do consumidor, antes daquela levantada do sofá para uma eventual ida ao banheiro na hora do break comercial. Você luta por interesse, por espaço na memória e por mais tempo no coração dele.

O mundo mudou, a competição é muito maior e qualquer peça publicitária já entra brigando com a desatenção crônica dos dias atuais, causada pelo bombardeio vindo de todos os lados, desde vídeos de pets, memes, conversas intermináveis nas redes sociais e até mesmo aquele oitavo bom dia motivacional no seu vigésimo grupo ativo no whatsapp. Some-se a isso o fato de que toda publicidade é spam, já que ela é interrupção não solicitada.

Do ponto de vista do negócio da moda, realizar uma compra por impulso é algo cada vez mais complexo. Com a venda online, comparar preços se tornou um hábito cada vez mais fácil e, em tempos de crise, os consumidores ficam ainda mais mais atentos e menos suscetíveis às ferramentas tradicionais do marketing, como liquidações e queimas de estoque. Ao mesmo tempo, a internet também está mexendo com toda a lógica do varejo no ciclo da moda, dando origem ao movimento See Now Buy Now. Com a velocidade que as tendências se espalham nas redes sociais vem também o desejo imediato de consumo por produtos que antes só chegariam aos canais de venda meses a frente, e o ciclo de vida do binômio inovação-desinteresse é muito mais rápido, assim como o descarte.

A definição tradicional de publicidade como “estratégia de marketing que envolve a compra de espaço em um veículo de mídia para divulgar um produto, serviço ou marca, com o objetivo de atingir o público-alvo da empresa e incentivá-lo a comprar”, já não cumpre mais seu papel. Quando hoje as pessoas também passam a ser mídia, influenciando hábitos com seus perfis sociais online e conquistando audiências cada vez maiores, a dinâmica da publicidade é revista, já que as mudanças na tecnologia e no comportamento do consumidor colocam em xeque os modelos tradicionais. Mas uma coisa não muda: a honestidade e clareza da sua mensagem aliada à força da ideia de comunicação que vai fazer a grande diferença, já que o influenciador digital como conhecemos hoje tem o papel de veículo de comunicação, que pode falar bem da sua marca hoje e, amanhã, do seu concorrente.

Por isso na publicidade é tão importante conhecer bem suas fortalezas como marca, diferenciais e valores de produto e comunicar tudo isso de maneira clara e inspiradora. Esse equilíbrio entre ser fiel à história da marca e contar a história da coleção é o que faz alguns anúncios e campanhas se diferenciarem para atrair interesse e, mais ainda, impactarem com mais duração no universo de imenso volume de informação a que somos expostos. Se eles ficam na nossa memória, é porque foram construídos a partir de um DNA de marca claro e refinados com ideias tão poderosas, que são capazes de mexer com as nossas emoções. É isso que vai mexer no ponteiro das vendas.

 

Publicidade vende. Fato. Vende roupa, vende produtos. Só que boa publicidade vende coleção, porque vende mais e melhor. A propaganda eficiente se sustenta na mente e no coração das pessoas por mais tempo, porque criatividade é investimento que funciona.

Dentro desses tempos líquidos do excesso – de informação e de concorrência – comunicação consistente que vai além do que se dispõe de informar e, na realidade, envolve e surpreende o receptor, cria conexão mais profunda. Assim, faça publicidade que fala a língua do outro para falar do seu produto. Parece óbvio, mas não é. Nunca foi tão imprescindível usar da criatividade para inspirar, entreter e conectar com a audiência, para então conseguir vender. Não uma peça de roupa, mas desejo por coleção.

 

+Saiba mais: Workshop Rio Moda Publicidade de Moda 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *